Leva-se anos para conhecer uma pessoa.
Basta 8,2 segundos para se apaixonar por ela.
Mas o que faz um amor dar certo são os valores.
O que faz um amor dar certo é a paciência, a compaixão, o carinho.
O que faz um amor dar certo é a compatibilidade, as qualidades em comum, os sonhos.
E o que mais faz o amor dar certo é a vontade de estar juntos e de fazer dar certo.
É quando aceitamos a pessoa como ela é.
É quando amamos essa pessoa pelo mesmo motivo.
Como diz Padre Fabio de Melo
“É muito bom ser olhado nos olhos por alguém que nos permita ser somente aquilo que estamos conseguindo ser naquela hora. Alguém que nos acolha do jeito que a gente é ou do jeito que a gente está. Por isso eu creio que o verdadeiro amor chega na nossa vida, não no dia que o outro diz que nos ama. O verdadeiro amor chega na nossa vida no dia que o outro sem dizer uma palavra, nos olha nos olhos e nos convence que nos ama, sem precisar dizer, sem precisar usar o recurso da palavra, nos olha nos olhos e nos deixa a vontade.”

Leia, Veja e Apaixone-se!

















































Dizem que é amor de verdade, quando nos faz rir, então… Me faça rir. Eu quero dar gargalhadas toda vez que eu pensar em você.
Quero sorrir como uma criança ao ver o palhaço mais engraçado do mundo quando eu olhar nossas fotos ou lembrar dos nossos momentos.
Não me dê apenas flores, bombons, vestidos, bolsas, cartões ou qualquer coisa que possa envelhecer ou se rasgar. Me dê sorrisos. Somente isso.
Me dê motivos para sorrir. Me faça cócegas.
Me conte uma piada sem graça. Faça caretas divertidas.
Esbarre pelos móveis da casa. Deixe algo cair com sua total falta de jeito ao lavar a louça.
Vista um sutiã meu e me chame com uma voz feminina quando eu estiver puta da vida por você ter esquecido alguma data importante.
Prepare uma surpresa boba ao me ver chegar em casa.
Escreva no espelho o quanto me ama ou amarre bexigas no nosso cão quando for meu aniversário.
Fale que Foucault era um idiota e que o Adam Sandler é o maior poeta de todos os tempos.
Apenas me faça rir.

Leia, Veja e Apaixone-se!







































Se apaixonar; adentrar entrar embaraçar invadir afundar entrar romper o peito a pele o corpo a carne e o coração.
Especialmente o coração.
querer dormir três dias seguidos só para chegar logo aqueles trinta minutos lado a lado.
pensar em milhares de coisas para dizer e não dizer nada.
achar que mesmo o silencio basta. ter certeza que sim.
apostar todas as cartas. inventar cartas quando não tiver mais.
ligar sem querer ao abrir sua foto no whatsapp e não saber onde esconder a cara.
(Julianna Motter)
Se apaixonar é assim mesmo, sem virgulas e só pontos finais.
Essa é a historia da Joice e do Lucas. Que, em breve, terão mais um motivo para se apaixonar.

Leia, Veja e Apaixone-se!























E os nossos sonhos?
Nossos sonhos são feitos de coisas reais e o amor pode ser a resposta para a maioria das nossas perguntas.
Do tipo: Porque estamos aqui?
Para onde vamos?
E porque é tão difícil?
Nem sempre é fácil e a vida as vezes engana, mas como diz a musica do Jack Johnson ..
“É sempre melhor juntos”.
Sorrir juntos, malhar juntos, viajar juntos, dormir juntos, comer juntos…
Comer juntos é tão bom que a Ingrid e o Felipe fizeram disso um empreendimento que só trás a certeza de que “é sempre melhor juntos”.

Leia, Veja e Apaixone-se!









































O amor é o murmúrio da terra quando as estrelas se apagam e os ventos da aurora vagam no nascimento do dia…
O amor é a memória que o tempo não mata, a canção bem-amada feliz e absurda…
E a música inaudível…
O silêncio que treme e parece ocupar o coração que freme quando a melodia do canto de um pássaro parece ficar…
O amor é Deus em plenitude a infinita medida das dádivas que vêm com o sol e com a chuva seja na montanha seja na planura a chuva que corre e o tesouro armazenado no fim do arco-íris.

Vinicius de Moraes
Leia, Veja e Apaixone-se!






















“Aos 13 anos te conheci, quando você tinha apenas 16
Te achava só mais um menino bobo
E 10 anos depois, descobri que você era um bobo sim, mas um bobo com o coração do tamanho do mundo
Foi nesta época que me apaixonei: enquanto fazíamos pipoca
E quando sem esperar você me surpreendeu com um “eu te amo”

Também me apaixonei, quando de longe percebeu que eu estava te olhando, e com uma piscadinha e um sorriso me deixou sem jeito…
Me apaixonei novamente seis anos mais tarde, quando descobriu que passei num concurso, em uma viagem de ônibus você comprou um anel e formulou a pergunta que seria a mais importante das nossas vidas: “Quer ser minha pra sempre?”.
A resposta foi fácil: “Claro que sim”.
Porque “pra você guardei o amor que nunca soube dar,
o amor que aprendi vendo meus pais,
o amor que tive e recebi e hoje posso dar livre e feliz..”

Leia, Veja e Apaixone-se!












































O que são oito anos?
Para muitos pode significar muita coisa, mas para a Camila e o Marcus, significou a espera de um sonho a ser realizado.
Duas cidades, 640 km de distancia, e um amor que persistiu.
Muitas despedidas, corações apertados e a ansiedade do próximo encontro. Cartas de amor foram trocadas, jantares românticos feitos na frente do computador, comendo Mc Donalds e muitas lagrimas derramadas.
Mas Camila e Marcus sabiam que a distancia e a saudade apenas afirmava o desejo de viverem mais oito, vinte, cinquenta anos juntos.
Em uma das cartas Marcus dizia: “Meu amor, que vontade de ter o nosso lar… sonhar tudo isso é tão bom…Deus, quero ter uma família! Quer fazer parte dela meu amor? Espero não parar de sonhar e que sonhe ao meu lado.” Essas palavras foram concretizadas na presença de Deus e de todas as pessoas que amam.
Seu sonho tornou-se realidade.
Foi lindo e inesquecível, como todos os momentos que viveram juntos.
Ah, e com direito a um video gravado lá em 2010, onde quase acertaram a data do Casamento, quase..

Leia, Veja e Apaixone-se!









































Texto, História: Deya Diedrich
Fotografia: Andress Ribeiro e Caroline Ritzmann Tanaka
Casa de festa: Chácara Luz da Mata
cerimonial: Amanda Cidral Assessoria e Cerimonial
convites e identidade visual: By Patit
decoração: Atelier 16
músicos da cerimônia: JB. Live
bolo: Veri Fragoso Patisserie
Maquiagem: Glaucia Brito
vestido da noiva: Vera Clivatti

  • Graciela Liston de Lima - agosto 2, 2016 - 19:01

    Andress, sabe por que suas fotos são diferentes? Porque a gente consegue sentir as emoções que as pessoas viveram naquele dia, numa simples foto. É como se estivéssemos presentes naquele momento… Você é O cara!!! ParabénsReplyCancel

  • Camila Wandresen Valinotti - agosto 2, 2016 - 23:06

    Andress, muito obrigada por nos permitir reviver cada momento tão especial desse dia. Você realmente consegue transmitir toda a emoção e alegria que sentimos nesse dia. Você éReplyCancel